Together Price
Together Price
HomeContact
Together Price brand

Como fazer contas de dividir

May 23, 2022
4 min
Como fazer contas de dividir

É importante saber fazer contas de matemática para gerir todas as nossas contas no final do mês, saber fazer uma divisão saudável dos nossos rendimentos para manter um estilo de vida equilibrado.

Neste artigo explicamos como fazer contas de dividir e minimizar os seus custos para, por exemplo, não abrir mão dos seus filmes favoritos e conseguir aceder aos mais variados conteúdos de entretenimento disponíveis no mercado, sem pesar muito na carteira.

5 Apps para dividir a conta com os amigos

No nosso cotidiano passamos muitas vezes por situações que nos levam a fazer contas de dividir. Por exemplo quando vamos a restaurantes com amigos e queremos dividir por todos , ou quando subscrevemos alguma assinatura e queremos dividir com a família ou amigos.

Mas hoje em dia, com a utilização desde desde muito cedo, da calculadora, as contas de cabeça foram deixando de ser um processo simples. Felizmente com a evolução tecnológica foram sendo desenvolvidas aplicações para dar resposta imediata a estas situações.

Seguem os nomes de 4 apps para dividir contas e despesas em partes iguais:

Split Bill - simples e funcional - de rápida utilização.

Settle Up - mais completo e complexo, com possibilidade de criar grupos e inserir contactos, com possibilidade de saber quais os pagamentos efetuados por cada um dos elementos do grupo e com possibilidade de partilhar e guardar recibos.

Tricount - semelhante ao Settle Up, mas mais simplificado.

Splitwise - O app mais famoso neta área. Permite, também, criar um grupo e escolher a categoria, como viagem, imóvel e casal, por exemplo. Mostra detalhes dos gastos por data e quanto você deve ou precisa receber entre diversas operações que pode gerir, entre divisão de contas etc.

Together Price para dividir o preço das assinaturas

Mas se não tivermos ninguém para dividir as nossas contas? Nas aplicações mencionadas acima, só faz sentido utilizá-las se houverem outras pessoas para dividirmos a conta.

Se subscrever-mos um serviço de streaming de conteúdos, por exemplo, a mesma só ficará mais barata e fácil de pagar, se a conseguirmos dividir.

Atualmente a maioria das plataformas já permite criar perfis, fazendo com que cada utilizador utilize o seu próprio perfil e que possa visualizar os conteúdos e vídeos em diversos dispositivos em simultâneo. Isto faz com que não exista um “problema” e cada um poderá ver os seus conteúdos preferidos ao seu próprio ritmo. E claro, havendo a possibilidade de vários utilizadores agregados à mesma conta, o valor da mensalidade/anuidade é a dividir por todos.

Mas dividir conta nem sempre é fácil. Arranjar pessoas pode ser um desafio, fazer com que esses utilizadores paguem a sua parte também pode ser algo complicado.

É por isto mesmo que existe a plataforma Together Price, que acaba de ficar disponível em Portugal.

Depois de ter conquistado os utilizadores europeus em países como Espanha ou Itália, o Together Price, chega agora a Portugal sendo a primeira rede de partilha de assinaturas digitais.

Resumindo a função da plataforma, ela facilita a criação de grupos e a cobrança das subscrições de serviços de streaming como a Netflix, HBO Max, Youtube Premium, Apple Music, Prime Video ou Disney Plus, entre outros. No fundo, não irão precisar mais de andar a chatear esta ou aquela pessoa para pagar o que deve, pois tudo será gerido pela Together Price.

Quanto custa o Together Price

plataforma Together Price

Muitas pessoas não podem viver sem aceder a conteúdos de streaming ou ouvir música, então umas optam por testar a oferta gratuita (mês experimental), outros compram as assinaturas premium para usufruir sem restrições.

Estima-se que uma grande parte da população europeia gaste em média 153€/ano para assinaturas de serviços.

No Together Price é possível economizar até 75% do custo dessas assinaturas, cortando os custos de 153€ para menos de metade.

O administrador pode utilizar o serviço de forma totalmente gratuita, no sentido de que não são acrescidos custos para a gestão do grupo partilhado.

Os custos só são adicionados no momento de uma transferência de dinheiro da ‘carteira digital’ para a conta bancária, mas apenas se o valor for inferior a £ 20: neste caso, uma taxa fixa de £ 0,45 + 3% sobre o valor transferido. Para transferências superiores a 20€ não é adicionada comissão.

Os Joiners pagam o valor indicado na página da conta partilhada, portanto o preço da partilha acrescido das taxas de gestão (que normalmente são 0,83€).

Quanto custa o Together Price

Como funciona a divisão de assinaturas

O funcionamento é muito simples. No Together Price pode inscrever-se de duas formas diferentes:

Como Administrador

Sendo administrador no Together Price pode criar grupos de partilha de subscrições. Pode aceitar ou rejeitar cada um dos pedidos de adesão ao seu grupo (por parte dos Joiners). Poderá criar grupos privados ou públicos.

Depois basta dividir os custos, sendo que somente as pessoas que vão dividir a mensalidade consigo é que terão acesso a estes dados mais confidenciais. Em caso de partilha, receberá mensalmente na sua carteira digital, o preço correspondente à subscrição de cada um dos assinantes.

Como Joiner /Participante

Escolhendo inscrever-se apenas como participante pode entrar em grupos já existentes, escolher o grupo e os parceiros de partilha das subscrições, encaminhar a taxa correspondente da subscrição para o Administrador e, neste caso, de imediato receberá uma mensagem com os dados de adesão e senha.

Como Joiner Together Price

No fundo, o que importa garantir é isto: com a Together Price, os utilizadores podem dividir contas e receber dinheiro facilmente enquanto garantem que todos pagam a sua quota, ao mesmo tempo que podem disfrutar do conteúdo que mais gostam. Visita a página Together Price e inscreva-se.